sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Do visível ao invisível.

 O excesso de luz cega a vista.
  O excesso de som ensurdece o ouvido.
  Condimentos em demasia estragam o gosto.
  O ímpeto das paixões perturba o coração.
  A cobiça do impossível destrói a ética.
  Por isto, o sábio em sua alma
  Determina a medida para cada coisa.

  Todas as coisas visíveis lhe são apenas
  Setas que apontam para o invisível.

Lao-Tsé

 


 O ponto é que o verdadeiro sábio percebe que todas as coisas físicas, terrestres, empírico-mentais não são os objetivos mas os meios para a chegada no ponto objetivado. O Fim superior.
   " O profano conhece apenas os meios e ignora os fins, o místico só conhece os fins e despreza os meios mas o Homem Cósmico alcança os fins através dos meios e este é o Homem integral, o Homem que vive em sintonia com o Uno e o Verso.

4 comentários:

  1. você é um homem integral, Hugo Belmonte?

    ResponderExcluir
  2. Busco sempre ser. Quanto mais se busca, mais sabemos que não somos. É como sabedoria, quanto mais temos, menos temos.

    ResponderExcluir
  3. Não,Não sou integral.Apenas meu pão é

    ResponderExcluir