domingo, 26 de setembro de 2010

Os 10 Piores Serial Killers da História - Luis Alfredo Gavarito

   Luís Alfredo Gavarito Cubillos nasceu na Colômbia em 1957. Foi apelidado pela mídia de "A besta". Gavarito andava com um caderno no bolso onde, em 140 linhas, estavam simbolizadas suas vítimas.
   Em 1999 Gavarito confessou estuprar e matar 140 crianças em 5 anos de carnificina. Foram encontrados 114 esqueletos. Os corpos mutilados foram encontrados espalhados por 59 cidades colombianas. As vítimas eram meninos entre 8 e 16 anos de idade. Ainda suspeita-se que ele tenha matado 5 crianças equatorianas.
   A caçada pela "Besta" começou em 1997 quando foram encontrados 36 corpos em decomposição. Inicialmente, a suspeita era de rituais de magia negra, depois de pedofilia ou tráfico de orgãos. Após 18 meses de investigação, Gavarito foi acusado de estuprar uma criança em Villavivencio.
   Gavarito era o mais velho de 7 irmãos. Morava em uma região cafeeira da Colômbia. Lá, era repetidamente espancado pelo pai além de ter sido estuprado várias vezes por dois vizinhos. Aos 21 anos já era alcoólatra grave e já tinha sido tratado de depressão e tendências suicidas. Confessou ter cometido os crimes enquanto estava bêbado. Estudou por apenas 5 anos e saiu de casa aos 16 trabalhando como caixa de loja e vendedor de rua.
   Em 2000 Gavarito foi condenado a 1.853 anos de prisão depois que a polícia achou 25 corpos em decomposição. Os corpos estavam com a garganta cortada, com indicios de estupro e amarramento. Gavarito chocou a opinião pública de Bogotá contando os detalhes do crime, de como amarrava, sodomizava e depois degolava cada vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário