sexta-feira, 25 de junho de 2010

Os 10 Piores Serial Killers da História - Pedro Alonso Lopez

    Essa tag foi reservada para mostrar o quanto é bizarro e auto-destrutivo o ser humano, nesse caso por doença ou livre e espôntanea maldade mesmo. Para quem acha que matar por diversão é coisa de filme, é só ler estas postagens, tiradas de e-mails e pesquisas.

    Sem mais delongas, o pior Serial Killer que já vi.

Pedro Alonso Lopez (+ de 300)

   Teve uma infância terrível, filho de prostituta e expulso de casa aos 8 anos, foi recolhido por um pedófilo e sodomizado a força.
   Agiu em três países da América do sul: Equador, Peru e Colômbia. Em 1978 já havia assassinado 100 meninas no Peru. Mudou-se para a Colômbia onde matava três vezes por semana.

  O homem aí ficou conhecido como "Monstro dos Andes" em 1980 quando revelou o túmulo de 53 vítimas que tinha feito no Equador, todas eram meninas entre 9 e 12 anos. Depois de 1993 foi condenado por matar 110 jovens equatorianos e ainda por cima confessou ter matado 240 moças desaparecidas na Colômbia e no Peru.
   Os crimes de Pedro Alonso Lopez ficaram conhecido internacionalmente após uma série de entrevistas de um foto-jornalista de longa carreira chamado Ron Laytner, que o conheceu em 1980  em sua cela na prisão de Ambato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário